Logo Amway

Blog da Amway do Brasil | Para uma vida equilibrada

  • Dicas de Nutrição
  • Bem estar

Os melhores alimentos para o coração

14-06-2022

Há um ditado que diz que a maneira mais curta de se chegar ao coração é através do estômago. Apesar do sentido romântico, ele pode se referir tanto a questões sobre os melhores alimentos para o coração, quanto para os piores alimentos para o coração! Embora comidinhas gostosas tenham sempre grande poder de sedução.

Além de todo o lado afetivo, de amor e carinho que o próprio símbolo do coração representa, ele é um órgão primordial para a existência humana e nossos hábitos alimentares são uma parte importante para o bem-estar.

De modo que uma dieta desiquilibrada, sedentarismo e tabagismo, podem causar doenças cardiovasculares, como isquemia ou derrame.

Atualmente, as doenças cardiovasculares ainda são a principal causa de morte na América Latina, tendo como principais fatores de risco o colesterol, triglicérides e hipertensão arterial, que são causados por uma dieta rica em sal, gorduras e açúcares refinados.

Os alimentos que fortalecem o coração contem Fibra, Vitamina C e E, Sódio, Magnésio, Potássio, e, acima de tudo, Ômega 3.

Conheça os melhores alimentos para o coração

Seguir uma dieta rica em Ômega 3 pode reduzir a incidência de doenças cardiovasculares em até 70%.

Ômega 3 é um ácido graxo pertencente ao grupo de gorduras poli-insaturadas que cuidam da saúde do coração de muitas maneiras:

Reduz triglicérides, um tipo de gordura no sangue.
Reduz o risco de desenvolver arritmia (batimentos cardíacos irregulares).
Diminui o acúmulo de placa, uma substância composta de gordura, colesterol e cálcio que endurece e bloqueia as artérias.
Ajuda a baixar a pressão arterial.

Esses ácidos graxos devem ser parte de 5% a 10% de nossas calorias totais. A OMS ressalta que uma pessoa adulta deve consumir um mínimo de 250 miligramas diariamente de EPA e DHA (principais ácidos encontrados no Ômega 3) ou até 2 gramas se você já tiver fatores de risco. No entanto, nem todos nós podemos consumir a ingestão recomendada. É por isso que devemos dar ênfase na inclusão de alimentos com Ômega 3 em nossa dieta. 

Dicas para os alimentos bons para o coração

Peixe oleoso

Salmão, atum albacore, sardinha ou cavala fazem parte deste tipo de peixe que é uma excelente fonte de Ômega 3.

Ovo

Fonte de Ômega 3, especialistas recomendam uma ingestão de 3 a 7 porções por semana, levando em conta que uma porção equivale a entre 20 e 30 gramas. Seu consumo excessivo não é recomendado, pois é rico em calorias.

Sementes de Chia

É um alimento rico em ferro, cálcio, magnésio, zinco e, claro, o ácido graxo Ômega 3. Além disso, é sem glúten. A dose diária recomendada para um adulto médio é de 13 a 15 gramas (2 colheres de sopa), para

menores no máximo 6 gramas por dia.

Chocolate

O chocolate amargo, com pelo menos 85% de cacau, ativa a circulação sanguínea e contribui para retardar o envelhecimento. Nutricionistas recomendam cerca de 6 gramas por dia.

Brócolis

Um ótimo alimento que fornece ácido fólico, é rico em fibras e uma fonte de ferro, cálcio, vitamina K, zinco e antioxidantes. Além disso, tem poucas calorias e gordura.

Legumes

Leguminosas como grão-de-bico, lentilhas e feijões ajudam a reduzir o colesterol ruim, pois contêm fibras e são pobres em gordura. De fato, de acordo com a Fundação Do Coração Espanhol (FEC), consumi-los regularmente reduz o risco de sofrer um ataque cardíaco em 14%.

Morangos

Além de ser uma grande fonte de antioxidantes e vitaminas, sua composição flavonoid ajuda a proteger as artérias e camada interna dos vasos sanguíneos, bem como controlar a pressão arterial.

Enfim, agora que tratamos das questões de saúde, que inclusive são importantíssimas para a nossa vida; se você puder dividir com a gente alguma receita gostosa e infalível, manda nos comentários. Quem sabe seus dotes culinários ajudam alguém de plantão!